Terça-feira, 18 de Abril de 2006

Pintar Palavras

                                                               

          Era uma vez um talentoso e jovem pintor cujas pinturas eram mágicas, ganhavam vida e tornavam-se realidade. Esse pintor chamava-se Wang-Fô e viveu no império da China.

         Wang-Fô estava apaixonado, mas a mulher pela qual estava apaixonado era filha do imperador que estava fechada numa torre do palácio. Wang-Fô não conseguia falar com ela porque  os guardas descobriam. Mas ele não conseguia viver sem falar com ela. Wang-Fô mandava pedras com cartas para a torre do palácio onde estava a sua amada de nome Cleo, mas com essas cartas havia o risco de serem apanhados pelo imperador, então tinham que arranjar uma maneira de comunicarem de forma mais segura.

         Certo dia resolveu dar asas à sua imaginação e teve uma ideia maravilhosa! Desenhar letras que representavam sons, o alfabeto fonético. Desenhou 25 letras que só ele e Cleo sabiam ler e escrever. Todos os dias Wang-Fô mandava uma carta e numa dessas cartas Wang-Fô pediu a Cleo para fugir com ele e ela aceitou. Como o desejo de Wang-Fô se tornara realidade ele desenhou letras em forma de escada para Cleo fugir e um cavalo branco para irem para longe e viveram felizes para sempre. E foi com esta história de amor que se inventou a escrita fonética.

Afonso , 7º A

publicado por ML às 10:08

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Junho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Pesquisar neste blog

 

Simple Plan
How Could This Happen To Me
by Unknown

I open my eyes
I try to see but i’m blinded by the white light.
I can’t remember how
I can’t remember why
I’m lying here tonight
And i can’t stand the pain
And i can’t make it go away
No i can’t stand the pain

Chorus
How could this happen to me
I’ve made my mistakes
Got nowhere to run
The night goes on as i’m fading away
I'm sick of this life
I just want to scream
How could this happen to me

Everybody’s screaming
I try to make a sound but no one hears me
I’m slipping off the edge
I’m hanging by a thread
I want to start this over again
So i try to hold
On to a time when
Nothing mattered
And i can’t explain
What happened and i can’t erase the things that i’ve done
No i can’t

Chorus
How could this happen to me
I’ve made my mistakes
Got nowhere to run
The night goes on as i’m fading away
I’m sick of this life
I just want to scream
How could this happen to me

 

.Outras páginas escritas por nós...

.Arquivos

. Junho 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.Tags

. amor

. calor

. céu

. coração

. emoção

. estrelas

. eu

. fosse

. memória

. minto

. mulher

. palavras

. pintar

. poema

. poeta

. se

. transformava

. todas as tags

.subscrever feeds